2.8.12

Manacá-da-Serra




Oriundo principalmente da Serra do Mar, é "primo" da quaresmeira. Esta planta tem sido uma das campeãs de vendas para plantio em calçadas e jardins, divido a sua exuberância.
Uma variedade menor que floresce no inverno é a preferida. Suas flores nascem brancas, vão roseando e terminam num forte roxo. Ela tem uma aparência não tão rústica quanto a quaresmeira.
Vemos pela cidade, diversos tamanhos da danadinha, desde com meio metro coalhadas de florzinhas, até adultas plantadas a alguns anos, florificando até a raiz. 
Tenho uma quaresmeira adulta do outro lado da rua, e minha vizinha plantou o manacá quase em frente. São duas belezas próximas, todavia também distantes: o manacá tem uma delicadeza aquebrantada, a quaresmeira tem a força e primitivez.
Aquela caipirice da quaresmeira, aparentando tudo aguentar, é mera fachada; num vento mais forte, seus galhos quebram e se debruçam para os lados. Lá fica ela, acuada e tímida, contudo logo volta à força e rebrota viçosa.
Espero que as duas plantas vizinhas se deem tão bem quanto eu e minha própria vizinha, visto serem aparentadas, e que em momentos de pânico, nas ventanias, se deem força, segurança e esperança de reerguimento...
A muito tempo obtive a informação de que as flores que mudam de cor, o fazem para sinalizar aos polinizadores que "já estou ficando velha, ou velhíssima, procure a branca que tem mais néctar", e assim garantir melhor polinização... não encontrei confirmação na net, todavia a história faz sentido, que inteligente!

Dicas de Cultivo: O plantio deve ser feito em covas bem espaçosas, com substrato solto e enriquecido com bastante matéria orgânica, procurando dar-lhe as mesmas características do solo sob as matas.
Não deixar faltar umidade que é fundamental aos Manacás, sendo bastante recomendável manter uma cobertura morta (mulching) ao redor do caule.
Em solos muito compactados as dificuldades para desenvolvimento são enormes. Em mudas obtidas por estaquia os cuidados devem ser ainda maiores já que o sistema radicular é mais frágil. As adubações podem ser feitas integralmente com adubos orgânicos tipo húmus de minhoca, esterco bovino entre outros.
Quando cultivado em vasos a umidade deve ser bem controlada, mantendo o substrato sempre úmido, porém sem encharcamento excessivo.
Imagem: daqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.