20.4.13

Atarefada

Fonte: http://acervodeprofessor.blogspot.com.br/2012/02/relatorio-de-aulas.html
Estou `as voltas com o fechamento do bimestre letivo: corrigir inúmeras avaliações, correr atrás de justificativas de faltas das crianças, junto aos pais, repor conteúdos atrasados pelos faltosos (eles faltam, ralamos nós). 
As sondagens de leitura, oralidade (contação de histórias) e escrita espontânea, são individuais. Os textos espontâneos quase sempre são ilegíveis, então temos que transcrever abaixo, o que tentaram escrever. 
Enquanto estou com um aluno, "sondando", o restante da turma, põe fogo na classe: tudo explode em algazarra, corre-pula, mesmo com atividade em andamento.
Então é assim: sonda, toreia, sonda, para tudo e muda de atividade, por toda a semana.
Na sexta feira, estou exaurida, pois ainda temos reuniões às noites de segunda e curso às noites de quinta.
Toda terça à noite, trago os vinte cadernos para examinar, colar atividades, dar uma geral.
Na quarta, faço caminhada. Na sexta à noite, faço lição de casa do curso. 
No sábado de manhã, vou trabalhando na oficina e preparando a semana de aulas (tarefa que dura mais de três horas).
Esposo está "uma maritaca", de tão bravo. Estou deixando o trabalho na oficina a desejar. E ainda dizem que professor trabalha meio período...
Sorte que tenho a  Luana para limpar minha casa toda manhã de sábado (a sua hora de trabalho é maior que a minha, mas vale a pena).
Neste instante a máquina de lavar está a todo vapor; amanhã cedinho passo a ferro. 
Após cuidar das roupas, tenho que tabular todas as faltas, compor uma nota de 5 a 9 para cada criança,  através de meus registros cotidianos e provas bimestrais.
Tenho que preencher papéis sem rasuras, pois segunda é dia de "Conselho de Classes".
A aprendizagem? Estão ótimos! Três já leem pela rota fonológica (decifrando cada sílaba - aos soquinhos).
Os outros alunos usam a rota logográfica e tentam decifrar a palavra globalmente, com pistas (letra inicial, final, consoantes, etc. Se começa com P, é pato e pronto).
Até o final do ano letivo, alguns chegarão à rota lexical - a nossa.

Que mais? Comprei três Kg de coxas de frango, temperei ontem à noite com bastante melissa (erva aromática) e assei  com batatas, para o almoço: 25 unidades! Ficaram lindas e deliciosas (sobraram para amanhã). As sobrecoxas são muito gordurosas, aboli.

Estou lendo um livro (Lendo? Tentando!), e tenho oito à espera. Pedi prá amiga pegar na mesa de doações da biblioteca. Velhinhos e pouco lidos - uma pena.

4 comentários:

  1. Ai...Cansei, só de ler! Meu Deus, Cristina! Que trabalheira, heim? Sei como é, marido tem sobrinha que já foi alfabetizadora, acompanhei muito os trabalhos dela. E ela ainda dá aulas em 2 períodos, então só lhe resta a noite para fazer tudo da casa e da escola. Uma vida de muito trabalho, com certeza! Por toda a vida seremos "mulher maravilha", não vejo luz no fim desse túnel da vida de mulher! rs
    Bom domingo, procure descansar!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lúcia!
      Acho que é por isso que chegamos merecidamente à presidência da república, pela brilhante pessoa de Dona Dilma.
      Ótimo domingo também para você.
      Outro beijão.

      Excluir
  2. Atarefada ,mas sempre com coisas legais! Valem muito! beijos,lindo domingo! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Chica!
      Nós, mulheres, somos como tanajuras: aprendemos que podemos criar asas, mesmo com sacrifícios.
      Um excelente domingo prá ti também, beijos.

      Excluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.