24.6.13

Futebol

Imagem: ww.google.com.br
Será mesmo que os brasileiros gostam tanto assim de futebol? Apenas um terço da população aqui de casa se interessa pela coisa, e mesmo assim, superficialmente.
Você, estrangeiro, que esteja interessado em visitar o Brasil por este motivo,  saiba que há um movimento (forte) em direção ao boicote destes "circos".
A oferta de  festas populares, encabeçadas pelo carnaval (por vezes, antros de prostituição e drogas) e mega competições desportivas (por vezes, antros de corrupção e lavagem de dinheiro), estão agora na mira do povo - cuidado!
Quer vir ao Brasil? Será muito bem vindo, todavia antes pesquise, não seja um gaiato a financiar eventos antiéticos... venha conhecer nossas maravilhas, sobretudo quando estiverem bem longe dos holofotes.
Em minha juventude (desde a infância) compareci a muitos campeonatos rurais de futebol, onde o objetivo era a interação das comunidades, a competição sadia, o lazer domingueiro.
Nada era pago pelo público (com exceção dos picolés), os jogadores bancavam suas próprias camisas e passagens de ônibus aos campos adversários.
Não havia máquinas fotográficas, tinha que se registrar na memória; não havia vestiário, tinha que se ir atrás da moita; não havia arquibancada, tinha que se trepar nos barrancos...
As cartinhas para a rádio garantiam a circulação das informações e coesão grupal. Não havia intermediários, atravessadores, politicagem... tudo era numa escala "nano", mas a satisfação era "mega".
Existem ainda esses eventos aqui na região (e tantos outros eventos anônimos), mas não são para turistas, não visam lucro,  não são de verdade.
Futebol (e qualquer outro evento) rural só perde mesmo para futebol de várzea, e deve ficar em off, bem longe da FIFA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.