15.6.13

Ventosidade anal

Imagem: www.google.com.br
Na sala de aula, a flatulência é uma constante, e com os pequenos ( 6, 7 anos), a história vira coso de polícia: é um tal de denunciar, retalhar, se fingir de inocente, armar complôs...
O leite (dentre outros) que muitas crianças ingerem pela manhã, anexado ao ar da mamadeira (sim, alguns mamam ainda - apesar das orientações) ou copo de canudinho, faz com que as bactérias do intestino "peidem", gerando uma nuvem de gases, que necessitam ser expelidos a qualquer custo. 
Desde o início do ano, explico parte do processo, discorro sobre os alimentos ricos em enxofre, e oriento que caso o fedor esteja nítido, saim ao corredor para não incomodar os demais, ou peguem o papel higiênico e procurem o sanitário. 
Em casos extremos, eu retiro a arma  uma caixa de fósforos da bolsa e risco, para queimar os gases: é um desinfetante infalível.
E estes assuntos relacionados a xixi, cocô, eructação (arroto) são uma delícia para esta faixa etária, então uso a meu favor pedagógico.
Os números ordinais são aprendidos rapidamente com esta tática, veja: o número 1, quando solta um punzinho, se transforma em primeiro, e por aí vai...
O "Ç", eu aprendi com o Ziraldo, que se trata da letrinha "C" fazendo cocô - isso basta para que aprendam ludicamente esta aplicação complexa do som /S/.
O som da letra X, anexado ao gesto de expelir o xixi, também faz com que se divirtam e gravem o fonema ao mesmo tempo.  
Um belo dia,  quando explorávamos a capa do livrinho acima para posterior leitura, uma garotinha foi enfática:
_ Mas a Barbie não solta nenhum, disso eu tenho certeza, ela não!

6 comentários:

  1. Olá!Boa noite
    Cristina
    Interessante e diferente a sua postagem.Gostei de
    sua tática pedagógica e de sua "arma".
    Me lembro que li , uma vez, um livro chamado "Até as princesas soltam pum..." e vi um trecho assim:
    -Quer dizer que as princesas soltam "pum"?
    -Sim...mas continuam lindas!.
    Tudo faz parte,não!
    Obrigado pelo carinho de seu comentário carinhoso em meu blog
    Tenho q "baixar" o Blanche ainda!
    Bom domingo!Paz e luz!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Felis!

    As crianças são como as princesas: soltam puns, vomitam, e continuam lindas.
    A turminha adora este livro, justamente pela permissão da transigência...

    Tenha você também uma excelente tarde de domingo,
    Outros beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Cristina
    Adorei seu post, maravilhoso e divertido.
    A nossa perfeição esta na imperfeições, vivendo e aprendendo sempre.
    Obrigada pela carinhosa visita. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Verinha... um pouquinho da culpa é das bactérias, que ficam soltando gases em nossos intestinos!

      Outros beijos, até mais.

      Excluir
  4. kkkkk a-do-rei tudo... inclusive desse nome fofo: ventosidade anal. Queria que os "gostosões da bala chita" lessem esse livro e descobrissem, finalmente, que todos arrotam, peidam, que seu cocô fede,etc e tal e principalmente que é isso tb que nos faz absolutamente iguais...ai ai... quem sabe um dia né Cris?!
    Beijuuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Regina, o que me consola, é saber que um dia eles foram crianças, mesmo que finjam que se esqueceram.
      Com certeza, faziam tudo isto com a maior naturalidade, e às vezes, em público...
      É por isso que adoro a criançada; ali não cabe espaço para maquiagem, tudo é espontâneo!

      Outros beijões.

      Excluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.