3.1.14

Cumpra-se

Estou em férias de um dos meus trabalhos (o mais sério) e fico aqui pensando nas resoluções de ano novo. Dentre as metas do ano passado, a principal era caminhar durante a noite e andar de bicicleta.
Cumpri. Já estou perfeitamente habituada a sair de bici quando acordo de madrugada aos domingos e feriados, perfazendo 7 km. Faço caminhada sozinha três noites por semana, num percurso de 6 km. 
Com a bicicleta, que nunca tive antes, fiquei esperta, observando as três fases. Após três meses, cheguei à fase mais árdua, quando a empolgação diminuiu e eu ainda não estava totalmente adaptada à magrela, inclusive tinha medo das esquinas, de me embaralhar quando viesse carro cruzando.
Hoje não pretendo aumentar o percurso ainda, porém pedalo à vontade, sem medo das esquinas. Claro que sei dos perigos, coloquei pisca na frente e atrás, uso capacete e não ando quando e onde há movimento.
Aquela bermuda "linda", eu e o Par usamos sob outra bermuda. Gente, aquilo é ridículo... às tardes de feriados fazemos alguns passeios esporádicos pela zona rural.
Para 2014, pretendo correr uma vez por semana, na ótima pista que há aqui na esquina, em volta do piscinão. Substituirei uma noite de caminhada.
A reeducação alimentar é a meta principal: fazer 6 refeições pequenas ao dia, a cada três horas no máximo. Nos intervalos, um copo d'água.
Uma das refeições pode ser um suco verde liquidificado, com fruta, folha e legume (beterraba, laranja e couve / cenoura, maçã e alface / cascas lavadas, outra fruta, outra folha).
Vitaminas intercaladas com leite bovino e de soja com a granola também servem de refeição. Evitar "beliscar" alimentos aqui e ali é importante, assim como cafezinho toda hora, balinha...
Uma boa escovação dentária e um enxague com antisséptico bucal, quando dá vontade de mastigar, tapeiam bem.
É fundamental um copo d'água ao acordar, com várias gotas de limão, para desintoxicar o organismo. Ao dormir, outro copo de água com canela (bem ralinho) para evitar inflamações e micro organismos (quem tem hipertensão arterial deve beber água pura).
Observar a pirâmide alimentar é importante para ingerir alimentos saudáveis. A quantidade deve ser trocada pela qualidade e constância.
Molhos gordurosos são uma armadilha para saladas saudáveis. Misturar carboidratos na mesma refeição não é bom: comer arroz com derivados do trigo (aquele pãozinho, macarrão, salgadinhos).
Arroz com mandioca ou batata de "mistura" também não é aconselhável. Aqui no interior é comum se ingerir um prato de arroz com feijão, batata ou mandioca frita, carne e salada.
Os feijões incluem todas as leguminosas: ervilha, lentilha, grão de bico... e o arroz integral deve ser usado ao menos duas vezes na semana (com lentilha fica ótimo).
A carne deve ser evitada dois dias por semana, troca-se por ovos ou fatia de queijo branco, pois os outros queijos são muito gordurosos, são processados ao fogo.
O leite não é tão bom quanto imaginamos, deve ser usado com moderação (um iogurte hoje, queijo branco amanhã, meio copo de leite outro dia).
Produtos industrializados contém muita química indesejável, preferir a feira livre é melhor.
Os embutidos são os vilões das proteínas (salame, salsicha, linguiça, presunto, mortadela e qualquer outra carne industrializada), pois contém muito sal, gordura e realçadores de sabor, conservantes...
Os doces devem ser picados bem miudinhos para que durem a semana toda. Degustar sem mastigar, chupando levemente, para que só um tiquinho seja suficiente. Escolher ingeri-los após uma única refeição: no meu caso, às 18 h 30 (jantar).
A ceia noturna, duas horas e meia após o jantar, deve ser a mais leve: uma laranja ingerida com bagaço e degustada devagarinho, três biscoitos salgados com chá, uma xícara pequena de mingau ou leite.
No café da manhã, para quem não tem fome, um iogurte com granola, uma fatia de pão integral com leite, ou uma banana são suficientes. Após duas horas e meia, uma outra fruta é importante. 
No almoço, três colheres de arroz (com um legume ralado) e uma de feijão + uma carne pequena e magra ou 1 ovo. Legumes e verduras à vontade (noutro prato é melhor).
No lanche da tarde, fruta com bastante granola (para não se estar esfomeado ao jantar). No jantar, uma sopa ou mingau salgado é excelente, ou macarrão com legumes, ou lanche integral, ou batatas, ou salada mista.
A granola deve ser pouco doce e da melhor qualidade possível. Preferível fazer em casa com fibra de trigo, aveia, semente de girassol, fruta seca da preferência (passas, ameixa, damasco ou outras frutas desidratadas), farinha de chia, quinoa, amaranto ou linhaça.
Castanha e mais o que a pessoa necessita / gosta, somente prá quem não precisa emagrecer. Meu primo possui uma loja de produtos naturais, onde orienta direitinho a receita para cada caso.
Comer devagar, mastigando e descansando, ajuda na saciedade. Ao sair às comprar, estar bem alimentado, para não comprar guloseimas indesejadas.
Antes de repetir o prato, aguardar 20 minutos, que é o tempo da saciedade.
Nutricionistas há gratuitamente em certos postos de saúde (ou estagiárias de nutrição). Os planos de saúde também disponibilizam estes profissionais.
Esta dieta auxilia no emagrecimento, dependendo dos ingredientes. Será que eu cumpro? Preciso perder 3 kg até julho, tenho casamento. Quem vem comigo?

Imagem daqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.