3.7.14

Festas invernais

De maio a julho, nas igrejas, escolas, chácaras e propriedades rurais, respinga-se festas "juninas". Aquelas de igreja contém barracas pagas, bingos e prendas, para arrecadação$.
Nas escolas era parecido, porém não se pode precisa mais angariar dinheiro, então modestou-se a mesma, incluindo crianças e funcionários, sem família.
As festas de chácaras, pagas e modernosas sofisticadas, são para os jovens. A mais tradicional aqui se chama "Vem cumigo... Dispois ti isprico", na décima primeira edição.
As rurais são mais tradicionais e gostosas, onde cada família leva um prato típico. A reza dos terços cantados culminando com foguetório dá espaço à comilança típica e quentão, com direito (ou não) a arrasta pé em volta da fogueira.
Lá na serra, íamos fazer a nossa, em homenagem aos três santos de uma só vez: Santo Antonio, João e Pedro, todavia perdemos a Matriarca e perdemos também o ânimo... fica para outro ano.   
Estas fotos são da Escola:
Meus ex alunos
 Eu com elas
 Eu com eles (nestas fotos ausentam-se alguns, cujas mães não permitem publicação).
 Os primeiros anos todos juntos, degustando pipocas e outras guloseimas antes da dança.
 Lanche das Tias (sala dos professores). Cada qual leva um prato típico (eu lá atrás, de rosa).
 Fiz torta de bananas, pois tinha muitas (da serra)
 Separei umas 15 mais maduras
 Descascando
 Caramelizei a forma na boca do fogão, dividi-as ao meio e montei no fundo todo.
 Rende uma forma enorme com apenas uma receita de bolo (de fubá). Deixei alguns pro "Fiotão".
A banana caramelizada dá o toque, numa massa que não deve ser muito doce.

12 comentários:

  1. Lindas fotos e pena a perda desse ano,mas... E a receita tri boa! beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Chiquinha!
      A avó amava festas, e pedia sanfoneiro...
      A torta é uma forma simples de aproveitar frutas em excesso.

      Abreijos"

      Excluir
  2. Ô sodade comprida, Tina.Nestes meses eu participava de todas as festas, na escola, na quadra, na paróquia,no clube...."o balão vai subindo, vai caindo a garoa!!!"
    Faz tempinho que não vou numa festança dessas, snif, snif
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Calu, aqui no interior estas festas são obrigatórias. A própria prefeitura organiza uma festança num recinto de exposições, que dura dias, em homenagem a São João.

      Abreijos festeiros.

      Excluir
  3. Ih, as mães dos meninos são mais chatinhas, hein?

    Essa torta deve ter ficado uma delíciaaaaaaa!
    hahaha socorro

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Companheira!
      Evito postar os rostos dos miudinhos, mesmo com permissão assinada no início do ano, porém, vestidos a caráter, estavão tão fofos que não resisti.
      Esta torta de fubá ficou calórica, apesar de saudável pela quantidade de fruta.

      Bjs a ti,

      Excluir
  4. ~
    ~ ~ É por coisas como estas que eu gosto do Brasil e dos brasileiros!

    ~ ~ Não perdem a oportunidade de celebrar, com uma boa festa!
    ~ ~ Salvo raras exceções, claro.

    ~ ~ Lindas e ternas essas fotos da escola, com uma tia amorosa e muito elegante, sim senhora!

    ~ ~ Ui!! O que essa torta parece deliciosa!
    ~ ~ Sorte a das tias! Afinal, "um dia não são dias", como diziam os meus pais.

    ~ ~ O padroeiro da minha cidade é S. Gonçalo de Lagos-- um santo que por aqui nasceu-- pois acontece, amiga, que nem reparamos nos dias dos santos, ditos populares. Nas escolas, são lembrados, apenas, a nível de sala de aula.

    ~ ~ ~ Continuação de dias animados e felizes. ~ ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ Abraço amigo. ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Majo!
      O povo aqui é festeiro: nos jogos do Brasil há sempre reuniões com churrasco ou similares. Neste último, passamos com os vizinhos, regado a diversas guloseimas (haja corrida).
      Ontem fui a um chá de fraldas da colega do trabalho, igual a uma festa de aniversário completa. Um luxo só!
      Eu sou menos festeira que a média. Tenho amigas de mesma idade (na faixa dos 50), que chegam a ir a duas ou três festas numa noite. Eu sempre escolho uma e justifico as outras (quando há).
      Quase não temos santos brasileiros, pois o país é relativamete recente, todavia comemoramos os três santos juninos com feriados em muitas cidades interioranas, onde eles são padroeiros.
      Na infância, a dança em homenagem ao dia de São Gonçalo era tradição, hoje quase perdeu-se...
      Quanto aos alimentos juninos, apesar de geralmente saudáveis, são bem calóricos, mas "um dia não são dias" e devemos aproveitar!

      Outro abraço.

      Excluir
  5. É a primeira vez que estou no teu blog e gostei muito. Parabéns :)

    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda, Diana! Também vou conhecer seu cantinho.
      Grande abraço!

      Excluir
  6. ~ ~ ~ Continuação de boa sorte para o Brasil, neste mundial. ~ ~ ~
    ~ ~ ~ ~ ~ A seleção está de parabéns, jogou muito bem. ~ ~ ~ ~ ~
    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ Estamos a torcer por vós. ~ ~ Beijos. ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderExcluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.