21.1.15

Máfia da medicina



Domingo houve vestibular para medicina aqui no Município e a polícia tentou desmantelar uma quadrilha especializada em fraude que possivelmente age em todo o País. 
Segundo esta e esta reportagens, uma pessoa com "altas habilidades" (quase gênio) entrava, fazia a prova e levava o gabarito para fora. Outro integrante repassava por celular aos "clientes" lá dentro.
Como passava? As mulheres colocavam um celular antigo em preservativo e introduziam no canal vaginal. Os homens chegaram a usar fraldão geriátrico para esconder o aparelho.
Ouvindo a mensagem, iam ao sanitário, anotavam as respostas em gabaritos minúsculos e transcreviam para a prova. Esse esquema, pelo jeito é antigo!
Então certos médicos formados, que estão atuando legalmente, podem ter entrado assim? Provavelmente sim.
Eita profissão complicada! Fizeram tanto alvoroço contra médicos estrangeiros e aqui dentro há essa baixaria? Será que é desespero em ajudar o próximo? Dedicação ao doente pobre? Está o maior zum-zum-zum na cidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.