31.5.15

Toda lambuzada

Resultado de imagem para criança mal maquiada
Às sextas-feiras, as crianças levam brinquedos à escola para a hora do recreio. Várias meninas levam maquiagem infantil e fazem "salãozinho".
Uma garotinha crente (evangélica) não pode se maquiar nem de brincadeira, por motivos religiosos. Anteontem, porém, voltou do recreio com o rostinho todo multicor - era maquiagem prá todo lado.
Ai, meu Deus! Se não sair, a mãe me pode arrumar encrenca. Na verdade, pedi que lavasse o rosto e limpasse bem, mas não valeu muito. 
O lápis de olho foi o que mais marcou. Pedi que diga à mãe ter sido só brincadeira. Ela sabe que não pode e teimou; depois ficou colocando a culpa nas coleguinhas que só a maquiaram por solicitação sua.
Difícil uma criança de seis anos entender tais restrições a algo que as coleguinhas fazem cotidianamente. Espero que a família não venha reclamar... Nem sou eu que fico no recreio com eles!

6 comentários:

  1. Ola. Tudo bem?

    Eu fico sempre espantado com a quantidade de posts que escreve. Quase nao da tempo pra respirar.
    Olha queria dizer desde ja que mudei para o wordpress. Meu blog é agora: http://olusoniversalista.wordpress.com.
    Quanto a este post é mais um exemplo do absurdo das restriçoes religiosas. Pode parecer contraditorio eu pensar isso e ao mesmo tempo também nao concordar muito com maquilhagem nas crianças mas eu nao é por causa de supostas leis que so sabem censurar em nome de uma moral hipocrita mas sim porque acho que cada coisa deve ter o seu tempo e lugar proprios. Criança deve ser criança e maquilhagem é engraçado no carnaval.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruno!
      Estou bem, e você?
      São duas questões realmente complexas. Na minha infância rural, sem TV, não havia modelo adulto usando maquiagem e até hoje não ligo.
      Atualmente, a precocidade assusta; evangélicos se tornam ilhas...
      E mesmo sendo maquiagem infantil, há o problema da química também. Já temos tantas outras toxinas à volta!

      Estou salvando seu novo endereço!

      Excluir
  2. Que pena dessa menininha.Não entende mesmo! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nas vertentes evangélicas mais fundamentalistas, a família não permite nem mesmo aulas de dança durante a Educação Física / Arte - com música de qualidade.

      Beijão, Chiquinha!

      Excluir
  3. Pois é Cris, sabemos bem o quanto certas restrições impostas na contramão da socialização acaba por frustrar as crianças que ainda não tem condições de entender regras herméticas.Fica difícil, pra criança e pra nós professoras.
    Espero que a família entenda.

    Bjs,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A criança acaba segregada de certas atividades, como festa junina, por exemplo. Deve ficar um nó na cabecinha...

      Beijos de cá, Calu!

      Excluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.