25.8.15

E ele voltou!

Resultado de imagem para imagem relampago
É sempre assim: Agosto, uma ilha de verão tórrido no meio do inverno, e quando a tão aguardada "chuvarada" chega, traz consigo o restinho do inverno.
Ontem, passamos o dia naquela névoa seca, observando o céu e o movimento das nuvens. NADA!
A grama esturricada e a poeira cobrindo tudo, deixando o horizonto todo embaçado. As árvores se aguentando sem uma folha nova, sequer.
Só à noite uma pancada... Eu já dormindo aninhada sob o sovaco do meu Par, acordei-o de supetão para festejar os pingos no telhado. alguns pingos.
De manhã, poças cá e acola, logo um sol lambido se fez de bonzão.
Ao final da manhã ela voltou, mais lenta e abundante. Foi ficando, molhando, trouxe até um ou dois trovões vigorosos.
À tardinha, o corpo esquisito, estranhando a queda drástica na temperatura; aquela vontade de correr prá casa, pular no sofá e enroscar um cobertor ao corpo.
Um planinho furado de um lado, de pois de outro lado, e o sofá tão sonhado ficou inteirinho para outra pessoa... 
Raios!
Resta o meu amado bloguito e depois curtir o friozinho na madrugada de amanhã.