13.9.15

A pousada e o lago

Nosso quarto é ao pé dessa árvore à esquerda. Pousada com bela vista para a cidade, numa vielinha tranquila próximo à avenida.
Não tem estacionamento fechado, porém o porteiro vigia. O café é bem simples (ideal para quem sai cedo), contudo o preço da diária compensa.
No quarto, meu Par observa o quadro. A higiene é boa, pintura nova, com sanitário ao fundo. Detesto porta de sanitário de hotel aberta... Sei lá...
No ângulo oposto, eu com um anexo atrás - uma cama solteira com janela à parte. Vai que a gente briga...
Um lago nas proximidades. Este, frequentado pela classe média para corridas e caminhadas. A pista equivale à mesma distância da minha aqui da esquina de casa, entretanto a vista é muito mais bela.
"Senhorezinhos" pescam à margem cá e acolá, arrancando minhocas num matinho atrás de meu Par, do outro lado da rodovia.
Alguns bancos, abaixo de árvores, convidam à contemplação e relaxamento.
A cidade possui dois museus, mas não tivemos tempo ábil e nem conferi se estariam abertos no feriadão. 
Visitamos a fachada do prédio histórico do centro universitário "Claretiano, entretanto não fotogravei, pois chuviscava.
E no rádio da caminhonete, tocávamos sempre esta música.