13.9.15

Batatais - Arte Tumular

Muito me encanta enigmática arte tumular. Procurei o cemitério mais antigo de Batatais, bem próximo à Igreja Matriz.
Veja a profundidade expressiva desta estátua... A moça absorta encantaria até mesmo Furlanetto. Possivelmente essas estátuas vinham prontas da Itália, custando fortuna, só acessível a fazendeiros de café.

Sepultura infantil de 1825, com armação provavelmente também importada. Uma arte discreta, encoberta por ferrugem, lhe conferindo personalidade.
Outra cripta antiquíssima, singela e desapercebida. Veja os caprichados entalhes na lateral. Nada suntuosa, porém poética.
 A jovem atônita, tentando cair em si após tamanha tragédia... Eu senti a peça criar vida, tamanha perfeição de detalhes. 
 Esta mulher foi-se cedo e recebeu o belo camafeu com um cândido anjinho encimado.
 
 A menina "anja" interrogativa, elevando os pensamentos aos céus e mantendo os olhinhos vagos à terra. 
Anjinho rechonchudo lançando flores perfumadas, bebê demais para entendimentos com transcendência... 
Meu Par posando entre quatro sepulcros típicos deste cemitério, com grades laterias ricamente trabalhas e as elevações encimadas por anjos, cruzes e afins.
O céu encoberto, quase querendo garoar, deixou o cenário histórico ainda mais encantador!