18.11.15

Pães com biomassa de banana com casca

Por que biomassa?
  • Para diminuir industrializados e seus malefícios, promovendo saúde;
  • Minimizar o excesso de glúten e lactose na dieta atual;
  • preservar a natureza, evitando que a Mãe Terra produza à exaustão;
  • Agregar nutrientes importantes, enriquecendo a receita (a casca pode ser mais rica que a fruta em minerais e fibras);
  • Praticar arteterapia na cozinha e ainda economizar dinheiro.
Aqui, pão sírio de cenoura e cúrcuma com pouca biomassa. Ficou divinal! 
 A mesma massa recheada com carne moída e palmito, numa espécie de fogazza.
Aqui, bastante biomassa e folhas já feinhas de couve. Recheio de frango e ervilhas frescas. A massa fica escura, mesmo colocando farinha branca com moderação.
Um "pão de banana" - e o gostinho de banana prevalece mesmo.
Uma panqueca com biomassa de banana, recheio de carne moída e muito tomate. Nem sobrou para a janta. 
 
Pãezinhos com pouca biomassa e bastante fubá escaldado (para não ficar áspero). Ovos caipiras e banha de porco.
 Assados ficaram assim: "pãezinhos de fubá".
Bolo de canela e chocolate com biomassa. Recheio de bananas (no fundo da forma). Oito bananas e as oito cascas. Peguei a receita na Net e adaptei.
Roscas com fubá escaldado, cenoura e biomassa cozida na água de beterraba. Frutas cristalizadas e açúcar mascavo em pouca quantia (sempre).  
A de baixo é da nora. Ótima opção contra panetone industrializado, que parece isopor.
Parte interna das roscas. É uma delícia com mel ou geleia.
Foram 10 bananas verdolengas cozidas e batidas + uma xícara de fubá + duas cenouras e farinha branca. Manteiga para amassar e ovos caipiras.
Observe a diferença na cor da massa devido à água da beterraba - clarinha.
Pão de biomassa já durinho (aproveitamento), torrado com cobertura de cebola, tomate, orégano, com bastante mussarela . Os "meninos" da oficina atacam, aqui em casa nada se perde!
.
 Bolo de biomassa com canela, aveia e maçã feito na maquininha. Coberto com lâminas de maçã.
 Por dentro - bastante aveia. 

10 comentários:

  1. Oh!!!! Que apetitoso tudo me parece!!!
    Tb quero aqui ... tudo... na minha frente.
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catarina!
      Tenho que preparar o Filho para que não abuse da alimentação errada e não corra o resco do pai - glicemia alterada.

      Excluir
  2. Amiga o que eu aprendo por aqui....
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A biomassa agrega nutrientes importantes aos paes, diminuindo o exagero de glúten em nossa dieta ocidental.

      Beijo procê também!

      Excluir
  3. ~~~
    Gosto da verdadeira biomassa feita com a banana verde descascada, pois podemos contar com os benefícios do amido resistente - saciante, não é absorvido, sendo ótimo para o funcionamento dos intestinos...

    ~ Casca de banana?!!
    ~ Até macaquinho deita fora e não polui, pois é biodegradável...
    ~ Também já me disseste que engorda porquinhos na roça...

    ~~~ Abraço teimoso. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha a teimisia, Majo! Tanto daí, quanto de cá.

      Deixa um gostinho tão bom de banana e há inúmeras receitas na Net.
      Aqui no interior esses pratos alternativos são bem populares, tipo receita de comadre.
      Tudo que os porquinhos comiam: cascas, talos, abóbora, inhame, folhagens, deixava-os gordinhos e saudáveis. Pode-se comer que é bom (aprovado por eles)!
      "Facin" de fazer, saudável, grátis e sustentável!
      A natureza despende energia extra na produção das cascas.
      Venha fazer um gostoso lanchinho comigo!

      Beijito alternativo procê

      Excluir
  4. ~~~
    ~ Se todos fossem como tu, a perfeitura despedia os funcionários,
    e com o lucro, comprava montes de ''besteiras'' para as crianças e mandava fazer qualquer palhaçada - em vésperas das eleições - para conseguir votos.

    ~ Dói-me pensar que gente corrupta ''fez-vos a cabeça'' e o povão
    desatou a comer lixo!! ~ E muitos comem-no sem saber!!

    ~ Sou extremamente cuidadosa a arrumar lixo para reciclagem, não
    me escapa nem uma tampinha de plástico, coleciono-as todas num
    num pequeno garrafão de água, para não se perderem.

    ~ Os serviços municipais já ganham bastante dinheiro com a venda
    de vidro, plástico, papel/madeira/roupa e metais...
    ~ Os recipientes são limpos e cuidados.
    ~ Competem aos especialistas de saneamento, supervisionar o real tratamento do lixo organico e aos professores o constante ensino da reciclagem e sua utilidade,

    ~ Agora lixo organico em 3 meses transforma-se em inorganico, ou
    seja, em sais minerais capazes de poderem serem absorvido pelas plantas, estas não se alimentam de batidos!

    ~ Só falta eles convencerem-vos que é melhor não comerdes, para não
    irdes à casa de banho...

    ~ Compreende que dispus deste tempo - pacientemente - apenas porque sou tua amiga e gostava que abrisses os olhos.

    ~ Agora, não me venhas com a teoria que o Brasil é um dos países que faz mais lixo, pudera, também é um dos maiores...

    ~ Porém, penso que terá diariamente, mais lixo benigno - organico - do que os países norte-americanos, onde são consumidas muitas conservas.

    ~~~ Grande abraço. ~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lixo orgânico não é lixo... O problema do Brasil é o gigantesco consumo de alimentos industrializados pelas crianças pobres - lixo da pior qualidade!
      Macarrão instantâneo, leite longa vida, guloseimas açucaradas, "Mc Donalds", bolachas recheadas, e por aí vai.

      Um beijinho orgânico prá ti!

      Excluir
  5. ~~~
    ~ A minha maneira de estar na vida e preservar saúde e ambiente...

    Aproveito todos os restinhos rijos, ásperos ou demasiado fibrosos para fazer fazer ótimos caldos de legumes.

    Apenas aproveito cascas de chuchu, abóbora, ervilhas e favas verdes,
    a interior castanha da cebola, assim como a primeira carnuda.

    Quanto aos talos, só utilizo os dos vegetais cultivados organicamente.
    Uso os talos das aromáticas, cogumelos, algas, agrião e das hortaliças.

    Gosto de ''descascar'' os talos grossos dos bróculos e couve-for e
    aproveitar o miolo para comer. Estas ''cascas'' também uso no caldo.

    ~ Dentes de alho miudinhos, pé de aboborinha, pontas de vagem...
    Bases de cenoura, nabo e pastinaca - descascados...

    Também leva um pouco de azeite para as vitaminas lipossolúveis.

    ~ Os talos tenros das hortaliças, embora sejam pouco nutritivos, são saborosos.
    No entanto, há a considerar que eles são formados por inúmeros
    canais onde circula a seiva bruta e a seiva elaborada.

    Ora, a seiva bruta que ascende com a água e sais minerais, também
    transporta os adubos químicos, ficando os canais muito poluídos...

    ~ Feito o caldo, tudo é muito bem escorrido e o excedente vai para
    o lixo - volta ao pó.
    ~ O meu intestino não é caixão de lixo!

    ~ Jamais vou comer cascas de raízes e de batatas, estas amargas
    devido à solanina.
    Apenas como a do rabanete e a interior da casca da batata doce
    quando está lisa e sem manchas. Raspo a exterior. Estas cascas
    são muito nutritivas.


    Assim, incremento as minhas refeições, cuido da nutrição e dos orgãos, dando trabalho a muitas pessoas e sustento às suas famílias.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ~~~ Beijos amigos. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As batata por aqui são raríssimas - amido denso demais e inflamatórias. Prefiro comer mandioca, baroa e tantos outros tubérculos plantados no Município.
      Gosto de radicalizar, é uma forma de chamar à atenção contra o excesso de industrializados que impera nos carrinhos de mercado. Um questionamento e um caminho oposto.
      As pessoas comem "plástico" a pouco tempo, até a década de 70 não era assim. Tínhamos um cardápio caboclo cheio de pratos que aproveitavam os recursos naturais de cada região - no Nordeste, comer cacto é alternativa viável.
      O blog da Neide mostra bem nossa riqueza culinária: http://come-se.blogspot.com.br/

      Beijos bem brasileirinhos procê!

      Excluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.