23.1.16

comida in natura

O Guia alimentar nos orienta que coma-se comida in natura, feita na cozinha. 
Pense na finada pirâmide alimentar e coloque na base produtos in natura. Acima, os minimamente processados; mais acima, os processados; os ultraprocessados no topo, para comer feito guloseima ou temperinho esporádico.
Veja o exemplo do leite: in natura é aquele "solto" que o produtor entrega nas pequenas cidades. O Minimamente processado é aquele "de saquinho"(não desnatado); processado é de caixinha; ultraprocessado é leite em pó.
Entre os queijos, requeijão, muçarela e tantos outros são processados. Prefira queijo branco artesanal - feito de leite cru - fresco ou curado.
Já sabemos que a banha de porco é menos processada que óleos vegetais (soja, canola, etc). É tão fácil comprar toucinho e fazer a banha! Não entope artéria e ainda teremos torresmo (o que entope artéria é alimento ultraprocessado à base de carb). Banha contém muitos nutrientes, inclusive vitamina D.
Meu toucinho fritando para extrair gordura.
 Gostosos torresminhos sem carboidrato.
A gordura esfriando para ser guardada em geladeira. A comida fica mais cheirosa e sustenta mais, mata a fome por mais tempo.
É totalmente in natura, pois comprei o toucinho direto da roça. Muito mais saudável que óleos.
O toucinho bem quentinho acompanha salada verde e carbos in natura: batata-doce, milho e mandioca. Não faltam aqui em casa, são baratos e disponíveis o ano todo.
Uso ervas e especiarias in natura, além de sal grosso. O sal do Brasil é marinho, não de mina - de excelente qualidade e barato - não gaste com sal exótico por 1% a mais de benefícios, é burrice.
Um de meus temperos favoritos é a pimenta doce sininho, mais delicada que pimentão. Compro madura para minimizar a solanina. É delícia até na salada.
 Uma refeição: Salada in natura com azeitonas (processadas), peixe desfiado que sobrou do assado (minimamente processado - era congelado), frutas de sobremesa - in natura (mangas colhidas no pé).
Nada para beber. Aqui em casa se bebe água - entre refeições.
As primeiras goiabas vermelhas e brancas, que catei na Prata. Compota com pouquinho açúcar mascavo (minimamente processado) Já acabou.
Sorbet de jaca - ganhei 2. É só tirar o envólucro dos caroços, espalhar numa assadeira e congelar. Endureceu, armazena-se as bolotinhas como queira e haverá sorbet no verão.  Um perfume!
Os enormes caroços podem ser cozidos na pressão. Eu não gosto.