15.1.16

Grãos, glúten, exorfinas

Resultado de imagem para imagem graos trigo
Exorfina, segundo a Wikipédia, é um receptor opioide para neurotransmissor, gerado através da ingestão de proteína de glúten e caseína (proteína do leite).
Um opiáceo pode produzir ações de insensibilidade à dor - analgesia. Em doses elevadas gera euforia, estados hipnóticos e dependência. 
O glúten (do trigo, centeio, cevada - cerveja) contém alguns  desses componentes chamados exorfinas, que ampliam o apetite e podem ser viciantes.
O amido presente no trigo é o amilopectina A.  De fácil digestão, eleva rapidamente a glicose / insulina. Eleva mais rápido que o açúcar de mesa.
A Gliadina, uma das proteínas do glúten, é suspeita de aumentar a permeabilidade intestinal; outras proteínas inteiras serão lançadas na corrente sanguínea, provocando reações auto-imunes. Piora artrite, fibromialgia, lupus, dermatite, colite, cólon irritável, enxaqueca, entre outras.
O trigo, pode ser indutor de inflamações em pessoas suscetíveis. Muita gente ingere glúten todo "santo"dia, até mais de uma vez ao dia, em diversos tipos de  massas e na cervejinha noturna.
Os chamados "saudáveis grãos integrais", incluindo o trigo, não são melhores que os refinados. Eles são apenas "menos ruim", sobretudo para diabéticos.
As suposições ligadas ao glúten não apontam provas científicas consolidadas. Pessoas sem problemas de saúde talvez possam achar um meio-termo. Eu particularmente prefiro diminuir em vez de abolir.
Todavia, muitas pessoas com doenças crônicas experimentaram benefícios visíveis ao eliminar ou diminuir drasticamente da dieta: eliminação de gordura visceral, níveis de humor e energia disparando, reversão de doenças inflamatórias, alívio de irritações de pele e outras.
Supõe-se que nas últimas décadas, geneticistas tenham submetido sementes e embriões de trigo (e outros grãos) a mutagêneses químicas, irradiações gama e altas doses de radiação de raio-x, para criar em laboratório variedades mais produtivas. 
O organismo pode vir a interpretá-las como agressoras e não considerá-las alimentos, rechaçando-as.
* O glúten é um antinutriente / antimetabólito. Serve para proteger a planta (o pé de trigo) do ataque de predadores. Por isso pode fazer mal se ingerido em excesso.

Imagem Google.