2.1.16

Low ou Slow para diabéticos?

Resultado de imagem para pratos low carbResultado de imagem para low carb
Recebi um e-mail solicitando lista alimentar que ajuda meu Par a manter a glicemia baixa.
Dependendo o grau de glicemia pode-se usar a dieta o estilo de vida slow carb - de carboidratos lentos, e low carb - de baixo carboidrato (mais restrita). 
A glicemia dele está em torno de 95 a 115 porque o danado ainda não abandonou a marvada cervejinha...
Sou autodidata, e esta é nossa experiência pessoal. A lipoadaptação deve ser gradual, por cerca de dois meses. É incrível a ausência de fome e melhora na disposição. empoderante!
Tira-se açúcares e amidos (sobretudo refinados); exclui-se totalmente batata inglesa, farinha branca e arroz branco. Bebe-se basicamente água. Evita-se industrializados.  
Come-se até saciar, sem exagero. Tempera-se com alho, cebola, pimenta, gengibre, cúrcuma, urucum e muitas ervas. Abacate misturado a creme de leite, limão e especiarias é ótimo molho de salada, ou maionese caseira com ovo caipira.

  1. Queijos todo dia - de preferência artesanal - o frescal e o curado. Provolone, muçarela e outros industrializados uso apenas para incrementar;
  2. Carnes naturais todas - inclusive miúdos, torresmo, pele pururuca e variados peixes (sardinha na pressão);
  3. Ovos à vontade (caipiras + granja) - para preparo cozidos, fritos na manteiga, mexidos, omeletes e poche; 
  4. Salame e lombo canadense - são praticamente os únicos embutidos e uso (com moderação);
  5. Verduras todas - duas ou três variedades por semana  cheiro verde e ervas;
  6. Legumes todos, inclusive palmito (o chuchu ralado cru fininho fica ótimo nas saladas). *Cuidado com tubérculos: Cenoura e beterraba opto por cruas (menos carb que quando cozidas);
  7. Gordura natural: chocolate amargo, banha de porco caseira para cozinhar, manteiga, azeite extra virgem, dendê, azeitonas, abacate, coco seco natural,  amendoim (cru), oleaginosas todas - ênfase em gergelim com semente de girassol e abóbora;
  8. Frutas - aquelas menos doces, com "granola" de gergelim (4 por 1), semente de girassol e abóbora;
  9. Iogurte natural caseiro puro - feito com kefir.
  10. Milho verde natural - para comer (equilibrar) sempre com manteiga;
  11. Batata-doce, baroa, mandioca, feijão, massa de tapioca esporadicamente, com bastante gordura.   Arroz integral de vez em quando, com talo de couve e chuchu ralado (coloco quase ao final do preparo). * Os itens 10 e 11 são de carb lento (slow carb);

Quatro refeições são suficientes: desjejum, almoço, lanche da tardinha e um "beliscar" leve à noite.

Desjejum: um bom naco de queijo frescal ou curado; abacate; banana prata ou mamão formosa (menos doces que nanica e papaia) com a granola. Iogurte (com água gelada para abrandar a acidez) e café preto praticamente sem açúcar.
Almoço: carne com sua gordura natural e pele, saladona bem variada (incrementada com azeitona ou palmito ou salame) e legumes (gosto de gratinar com queijo curado). Sobremesa - 1 citrus.
* No meio da tarde, suplemento: água com limão, pitada de magnésio, canela, cúrcuma e grãos de urucum.
Lanche da tardinha (ou janta): ovos, lascas de coco e duas frutas menos doces variadas (goiaba, maracujá roxo, morango, pêssego & cia, melão,  maçã, pera).
Noite: milho com manteiga cozido na hora ou amendoim natural ou um caldo caseiro de carne com ossos ou um mix de lombinho com provolone ou pele suína.
* Numa das refeições pode-se incluir algum carb lento de vez em quando (mandioca, baroa, batata-doce, feijão, arroz integral, inhame ou cará. Eu faço couscuz com pouca farinha de milho e mandioca, crepioca, tutu de feijão com legumes, arroz integral de forno. 
Há muitas alternativas, como "arroz" de couve-flor, massa de pizza de omelete ou carne moída, sanduíche com alface no lugar do pão, macarrão de abobrinha, lasanha de berinjela, panqueca de omelete ou repolho. 

ELIMINOU 10 KG EM 4 MESES, SEM FOME (e bebendo 1 cerveja noturna, que está em transição para 1 copo de vinho tinto seco).