16.1.16

O tio Irineu e a corrida

Resultado de imagem para imagem correr
Ontem cedo, numa brechinha da chuva, fui correr. A pista está um brejo só e fiquei no calçadão, junto com os poucos transeuntes que se aventuravam na garoa.
Não é que dou de cara com meu Tio da Serra do Mamonal?
Parei, nos cumprimentamos, nos falamos... Adoro esse marido da irmã da mãe (mãe tem 6 irmãs).
Pelo fato de eu ir e voltar correndo, nos cruzamos três vezes enquanto ele vencia o percurso de 850 metros.
Ele se ria todo! O povo da roça acha a maior bobeira ficar correndo por aí; ninguém lá precisa se exercitar artificialmente.
O Tio é das antigas, anda a cavalo e só dirige trator. Aqui na cidade, onde mantém uma casa montada, anda a pé mesmo.
E foi assim que o Tio Irineu iluminou minha manhã chuvosa.
Imagem Net