15.2.16

Bibelôs

Resultado de imagem para crianças brincando
Hoje foi o primeiro dia das aulas de informática para meus novos miudinhos. Ocorre em sala própria, com professor próprio, do outro lado da escola.
Pode ser assustador para algumas crianças, já sei de antemão. Hoje, uma das meninas "refugou" choramingando - deixei comigo. Alertei o professor e logo mais, duas voltaram.
Uma delas tem fobia de porta fechada e lá, devido ao ar condicionado é necessário. A outra soluçava copiosamente, e dei colo.
Comigo, as três menininhas brincaram e se divertiram. Perderam a informática, porém não perderam a confiança na escola. Estabelecer o "local de querência" requer certo tempo.
Neste começo de ano prefiro dar ênfase ao "cuidar" e não forçar os conteúdos. A turminha começa uma nova fase, e nem todos completaram 6 anos...
Adoro essa idade em que ainda não perderam o encanto do jogo simbólico (faz de conta) e em contrapartida não são tão dependentes.
Procuro alfabetizar sempre levando em conta a função semiótica, criando personagens para as letras do alfabeto, usando brincadeiras e histórias (contadas ou lidas).
Aproveito os "calangos" que moram no forro da sala de aula para criar um elo e prender as crianças a temas diversos.Também tenho como "ferramenta" os vários passarinhos do quintal.
A gente quase vê o cerebrozinho deles se efervescendo dentro do crânio! Aprendem tão rápido...