28.2.16

Leite sem lactose e café descafeinado

Resultado de imagem para imagem leite com café
(Mais um texto para meus próprios estudos)
Sabe aquela história de tapar o sol com a peneira? Hoje em dia se preza produtos in natura, integrais, então eu fui pesquisar  leite sem lactose e café descafeinado.
O leite sem lactose, na verdade não perde a lactose (seu açúcar - carboidrato). Ela é quebrada em glicose e galactose, adicionando-se a enzima lactase.
Esses dois açúcares são mais simples, absorvidos ainda mais rapidamente. O índice glicêmico não muda, apenas minimiza a ingesta para intolerantes. Troca-se seis por meia dúzia.

Café não deve ser consumido todo dia; duas vezes na semana é suficiente. Ele é um bom estimulante em momentos pontuais onde estamos "derrubados", não no cotidiano.
A cafeína agrava quadros estomacais de gastrite, refluxo, azia e judia da flora intestinal.
Piora sintomas como insônia, ansiedade, estresse, podendo aumentar a pressão arterial. 
No meu caso, percebo os problemas gástricos mesmo com aquela "bicadinha" de café em jejum. O suco verde foi-me um "santo remédio" para gastrite. Para quem não acorda sem café, bochechar e cuspir é uma opção (faço isso nos dias de jejum intermitente).
A pior parte da cafeína é a desmineralização óssea: osteoporose, artrite, articulações. Numa boa dose, já dá para medir os minerais que foram expulsos através da urina - cálcio, magnésio, potássio, sódio e outros.
Os processos de retirada  de parte da cafeína do café  são vários (ela diminui, porém sobra um resíduo). O processo mais antigo e pior deles é com cloreto de metileno - cancerígeno. 
Nem sempre há informação de como o café é descafeinado. Há também um solvente orgânico (que deixa algum resíduo) e água fervente (que muda o sabor).
O café descafeinado, segundo esse estudo, pode aumentar as partículas pequenas e densas de colesterol LDL (porque nem todo LDL é ruim, só o de "bolas pequeninas" - oxidado). Então, quem tem esse tipo de LDL alterado, melhor evitar o café descafeinado até maiores estudos.
Que coisa! Até o leite com café "sagrados de minha infância" deixaram de ser perfeitos... Sorte que ainda sobra a água (desde que não mineral - porque contém xenoestrógeno).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.