8.2.16

Trabalho e estágio

Resultado de imagem para volta às aulas
A aulas se iniciaram, foram três dias para conhecer a turminha. Nessa semana de carnaval há outra parada para planejamento e no dia 15 estaremos com carga total.
Das 25 criancinhas que constam de minha lista, apenas 16 frequentaram nesses três dias. É um período bom para a adaptação delas, ameniza a ansiedade e estabelece o "local de querência" num prédio muito maior do que elas estudavam antes.
Um encanto as 16 que conheci; nenhuma chorou, fizemos brincadeiras e cantigas de interação, bailinho de carnaval no recreio da sexta-feira. Várias vieram fantasiadas, muito fofas!
Espero não haver nenhum caso de TDO; de resto a gente dá conta.

Recebi um e-mail de fora, solicitando informações sobre trabalho e estágio:
Aqui no meu canto do Brasil, os estágios costumam ser de 6 horas corridas (30 horas semanais) com 15 min. de lanche e certa ociosidade (no caso da escola onde trabalho). 
Os alunos estudam à noite em escolas particulares, na maioria dos casos: das 19 h às 22 h 30. Os que atuam lá na escola onde trabalho, fazem pedagogia, psicologia, ed. física e afins. A remuneração é de pouco mais da metade do salário mínimo.
A universidade pública funciona pela manhã (geralmente a partir das 7 h, pois sempre é dia claro nesse horário) e algumas tardes semanais. Temos um curso particular de veterinária também nesses moldes.
A carga horária básica para trabalho é de 40 h no serviço público e 44 h em empresas e comércio em geral ( + horas extras esporádicas). 
Os feriados são de apenas um dia, nunca em blocos maiores. Hoje, por exemplo, muitas empresas emendam porque pagam horas com antecedência. No serviço público é ponto facultativo (na verdade, nem amanhã é feriado oficial, entretanto já convencionou-se).
No caso do professor, há mais maleabilidade. Se ele trabalha no fundamental II ou acima - matemática, português, etc, ganha por aula, podendo pegar no mínimo uma carga de 20 h semanais.
Eu tenho uma carga fixa de 30 horas: 25 de manhã, incluindo meia hora de recreio para organizar materiais e meia hora ao final para entrega de alunos e arrumação do armário. Também tenho 50 minutos semanais para organização de materiais, enquanto a turma está na informática. 
Toda segunda à noite temos reunião de 2 horas e somos remunerados com mais 3 h semanais para preparação da semana de aulas subsequente, em casa. 
Com isso, levo pouca papelada extra para casa, com exceção dos 4 finais de trimestre. O fato de trabalhar sempre com alfabetização facilita, pois tenho muito material já pronto.
O professor também tem a vantagem de dois recessos de aproximadamente 15 dias em dezembro e julho, além das férias de janeiro. Escolas particulares nem sempre fornecem recessos, fazendo contratos anuais de fevereiro a novembro.
É assim que concilio escola, casa, descanso/lazer e o trabalho aqui na oficina.