8.3.16

Beldroega

O filho hoje acordou costumeiramente antes das 6 h 00 já me perguntando sobre o matinho do título. Disse que está bombando no Face devido ao ômega 3... E foi enumerando as propriedades.
Eu tinha beldroega sobre a pia, pois cultivo em vasos no quintal para meu suco verde e escondo algumas folhinhas na salada do marido.
Há a variedade miúda, com folhinhas rasteiras e flores amarelas; e há a variedade graúda com folhas maiores, não rasteiras e flores rosas, com sementes dentro de lindas bolinhas.
É um mato que vinga em todo canto e gosta de frestas. Seu sabor é de cacto - gosto de nada; as folhas são gordinhas. Eu a uso com trapoeraba.
N a minha opinião, uma forma corriqueira de usá-las é escondidinhas na salada ou no suco verde, além de refogadas com outras verduras, sempre em quantias pequenas.
São ervas "daninhas", não precisa plantar. Basta fazer a recolecção em terrenos baldios ou área rural. Porém, plantada é mais fresca e sempre à mão.
Beldroega graúda - Serra do Mamonal
Abaixo, beldroega miúda. Acima, outra planta.
Trapoeraba (ou "olhos de Santa Luzia") na árvore de minha calçada. Qualquer canto serve p/ ela.