4.3.16

Lipidofobia


Resultado de imagem para imagem gordura boa
Desde a década de 70, grandes organizações de saúde pública, de forma equivocada, foram criando uma espécie de inconsciente coletivo: gordura gera gordura (pensamento infantil).
Essa "ameba" se espalhou por cada ilha do Planeta demonizando a gordura - qualquer gordura. Não que todas sejam boas - a trans é mesmo um vilão, assim como óleos industrializados e margarina. 
Entretanto, a gordura natural dos alimentos que nossos bisavós sempre comeram e lamberam os beiços literalmente, não vai nos infartar ou engordar.
Se assim fosse, a humanidade teria sido extinta. Para diabéticos, o que comprovadamente mata é o carboidrato.
Veja: banha de porco caseira, a manteiga de leite cru (ou a ghee), as oleaginosas todas, o amendoim tão cultural aqui no interior, o coco em polpa (porque a água de coco tem tanto carboidrato quanto o leite bovino), o abacate, os ovos, qualquer carne gordinha e a pele ou miúdos, laticínios integrais, azeitona, dendê (óleo de palma), chocolate 70% ou mais.

*Alimentos caipiras e orgânicos é briga pela qual devemos nos desdobrar incessantemente, até vencer.

Quanta gordura boa! Se eu tivesse seguido a equipe de saúde e suas teses retrógradas, meu marido estaria tomando insulina diariamente e se deteriorando.
Agora tememos o carboidrato refinado. Diabetes nada mais é que intolerância a ele. E não adianta aplicar insulina e comer pão integral, arroz integral. Diabético se salva comendo gordura. Intolerantes não se curam; a restrição é para a vida.
É fundamental o diabético trocar o carboidrato por gordura, abusando de vegetais de baixo (a médio) índice glicêmico e mantendo uma quantia básica de proteínas. Proteína não é combustível, apenas gordura e carboidrato. Tira-se um, coloca-se outro.
Há muita ciência internacional desmascarando essa farsa. No Brasil, as ideias demoram a voltar ao que eram. Fui criada na roça com muita gordura natural - lá, todos eram magros.
Comendo gordura, duas ou três refeições básicas já saciam; não há necessidade dessa faminta mastigação constante de hoje - mastigação de porcarias engordativas.
Basta sentar-se numa praça movimentada e "admirar" o povão. É muito abdome globoso desfilando uma gordura visceral doentia criada por carboidrato. 
E tanta gente ainda desinformada, cética, crendo na mentira oficial sobre gordura que os governos (com excessão da Suécia) insistem em manter por medo de indenizações futuras. 
Quando a verdade retornará por boca da própria sociedade? Quando tiraremos essa máscara para encarar a obesidade gritante que gera diabetes tipo 2 feito uma "esteira fordista"?
*Gordura misturada a carboidrato engorda. Se numa refeição ouve ingesta de carbs com gordura, ajuda a evitar picos de glicemia, porém gera acúmulo lipídico.
Imagem Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.