23.3.16

Vendaval de emoções

Resultado de imagem para imagem ouriço
Uma escola grande é efervescente: mais de 40 mulheres e suas peculiaridades, 300 crianças por período  (cedo e tarde), os adultos do período noturno e  três pobres funcionários homens em meio a tudo isso.
Hoje foi um auê porque a faxineira substituta será re-substituída pela parente da dona da empresa terceirizada. Vieram duas vezes me pedir para interceder... Como vou deixar minhas crianças? Não dou conta nem de um xixi rápido...
Também fico inconformada com o desemprego da senhora que se esforça tanto e é um primor, todavia cabe à Diretora lutar ou não por ela.
Meu foco principal é pajear bem os miúdos e cuidar da aprendizagem. Uns são alérgicos ou asmáticos ou com problemas emocionais, fonoaudiológicos. Outros têm dificuldade de concentração, de aprendizagem, desorganização, imaturidade. Outros ainda são agressivos, agitados, faltosos, carentes de tudo.
Na reunião de segunda, ficou claro algum diz-que-disse. A diretora passou um vídeo sobre os ouriços que se espetam no inverno para poder trocar calor e não morrer de frio. 
Foi excelente; conviver com as pequenas feridas dos espetões dos colegas é menor que ganhar seu calor.  
Lavando a vida muito a sério, a gente se isola e fica gelada. Bancar a trelelé de vez em quando é boa estratégia, tira o peso da perfeição.