4.6.16

carboidratos não-amiláceos

Resultado de imagem para vegetais verdes
São carboidratos com alto teor de fibras (celulose e outras) e baixo teor de açúcar, lentamente digeridos e não levam a picos de açúcar e consequente insulina no sangue.
***O carboidrato celulose não é digerido por nosso intestino onívoro, então compõe o bolo fecal. Para isso, necessita de gordura para lubrificar e escorregar, não travando.
Os vegetais folhosos e não folhosos todos são os alimentos de cor esverdeada, não-amiláceos. Compões a base de uma alimentação "Low Carb", sobretudo em sua vertente "Slow Carb" - minha favorita.
Inclui-se também frutas de baixo glicídio (menos doces) e aquelas ricas em gorduras, como azeitona, coco e abacate, que não se transformarão em gordura visceral.
Os benefícios contemplam altos níveis de vitaminas e minerais, fibras e compostos vegetais especiais com propriedades de cura chamados fitonutrientes, afastando a compulsão alimentar e melhorando os marcadores de saúde. 
Para síndrome metabólica, a carbo ciclagem pode funcionar bem. Faz-se um desjejum cetogênico - very low carb - à base de proteína animal (ovos, queijo) e temperos com ervas frescas.
Um almoço low carb - com proteína generosa (carnes) e muita salada crua sortida; fruta gorda ou oleaginosa (e amendoim) na sobremesa.
O jantar slow carb - uma sopa de vegetais com  carne e tubérculos densos em nutrientes; frutas de baixo glicídio na sobremesa.