5.6.16

Fiz canjica


Resultado de imagem para imagem canjica com erva doce

Fui à loja de R$ 1,00 comprar canela em pó e magnésio, encontrei pipoca e canjica nas embalagens de 200 gr - ideal para quem usa pouco (no mercado só acho embalagens de meio kg).
Dá medo tanto "junk food" (comida sem alma) custando apenas R$ 1,00 e as pessoas comprando a sacoladas. Um casal novinho com bebê pegava biscoitos inúmeros para ele - que pecado!
Todavia, garimpando podemos encontrar algo. Comprei também sachês de azeitonas recheadas - 10 unidades por R$ 1,00 (10 centavos cada azeitona - um pouco mais em conta que no mercado).
Peguei cravo, erva doce e camomila para os chás de inverno. Canela e cúrcuma em pó não levo - não confio. Prefiro pegar da Kitano no mercado.
Comprei um pacotinho de "pão de mel" (nada slow carb) - 200 gr. Constava "zero gorduras totais"... Como pode uma massa ser feita sem engordurar? Fica rija igual isopor!
Esmiuçando o rótulo, vi que a porção diária é de meio pão de mel... Quem consegue comer apenas meia bolachinha daquelas? Enganação da indústria alimentícia. 2% de gordura (mesmo que trans) numa porção (ridícula) equivale a zero devido a um trato com a ANVISA.

Voltando à canjica: não é Slow Carb também, entretanto sempre há como amenizar o impacto glicêmico.
Deixei 24 h de molho, cozi com pouco açúcar mascavo, muita água e sementes de erva doce. Adicionei pouco leite após o cozimento; ao amornar, fica cremosa. 
Eu fiquei em jejum desde a noite de sexta; 5 h 30 da madrugada comi uma fatia de pão caseiro (biomassa de cascas de banana e fermentação natural) com queijo branco.
Pedalamos 20 km à bucólica estância de Águas da Prata; e ao voltar, coloquei a panela de pressão ao fogo. Após 40 minutos desliguei e estava pronto.
Havia acabado de comer uma salada crua com abacate e ovos cozidos de café da manhã; a canjica entrou como sobremesa. As fibras da salada amenizarão o impacto da canjica.
Com as bolachinhas "lixo", estou fazendo o mesmo... Todo pode desde que inteligentemente!

4 comentários:

  1. Bom dia, querida Critina!
    Que controle sensato e rigoroso! Parabéns!
    Canjica eu como até gelada... rs... gosto muito!
    Nunca coloquei os ingredientes que vc nos passou... alguns deles vou experimentar pra ver se fica ainda mais saborosa...
    Bom Domingo!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, linda Rosélia!
      Na alimentação de baixo amido a canjica é esporádica. Ainda bem que marido não gosta, pois sua glicemia está tão bem controla...
      Amido tem um grande impacto glicêmico, porém nesta época do ano, tem-se a indulgência!

      Grande beijo, e boa semana!

      Excluir
  2. A canjica ficou bonita na foto.
    Este toque de açúcar mascavo e erva doce deve ficar muito bom.
    Meu pai gostava dela somente com água e um pouco de açúcar.
    Já o bicho que ora escreve gosta com amendoins/leite condensado e coco ralado. Não me enforque,kkk
    Bela caminhada de 20 Km.
    Carinhoso abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As sementes de erva doce cozinham com o milho e ficam molinhas... O sabor impregna-na na canjica.
      Eu maneiro muito no leite, pois a lactose não me cai bem. Leite condensado, nem pensar!
      Para o filho, eu ralei umas lâminas de coco, pois é enjoado com a erva-doce.
      Eu pedalo os 20 km toda madrugada de domingo para acompanhar o marido nos exercícios!

      Abraço procê

      Excluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.