31.7.16

Bici pedala...

Pedalando à cidade de Águas da Prata, como em toda madrugada de domingo.
Lá na Prata, sobre um tapete de ipê roxo.
Achei um abacate retardatário, do pé à direita.
Cidade movimentada!!!
Pegando e comendo ingá - ainda no verão.
Também no verão, olhando o estrago da imensa enchente na Prata.
Outra igual, só em 1972...
Colhendo vários abacates para consumir na semana toda (e doar).
Repeti esta cena por mais de 10 semanas seguidas!
A bicicleta vinha feito árvore de natal.
Fim da safra das goiabas... Também passei várias semanas recolectando aqui.
A primeira geada deste inverno. Mão tão congelada que eu não sentia o gelo.
A rodovia, ao lado, estava deserta... Por que será?
Levando abacates para o café dos macaquinhos no bosque da Prata.
Prata tem ciclovia... Mais chique que aqui! Essa sou eu.
De encontro com o grupo de aposentados todo uniformizado.
Ó o início (ou final) da Mantiqueira lá atras - borda oeste.
No bosque com o Par, pegar água mineral corrente.
Essa trilha de volta é linda, corta caminho. Por ser deserta, fazemos raramente.
Eu lá  na frente, na mesma trilha, com o vizinho e o Par.
Tem que pular cerca com a bici...
Veja a altura que a água da enchente de janeiro atingiu, à minha nuca. 
Lavou a borda do Rio da Prata.
O percurso de S. João à Prata.
Eu voltando...
O Par "cozamigo" no Pico do Gavião.