1.3.18

Transparência em nutrição

Original aqui e aqui

As novas diretrizes nutricionais americanas que vigorarão a partir de 2020 já estão em processo.
Os Departamentos de Agricultura dos EUA (USDA) e Saúde e Serviços Humanos (HHS) aceitam contributos / comentários públicos AQUI.
Os tópicos a serem debatidos baseiam-se em 4 critérios:
Relevância - foco em recomendações estritamente nutricionais;
Importância - novas evidências científicas, preocupação em saúde pública (síndrome metabólica), lacunas de conhecimento;
Potencial Impacto Federal - propor novos programas de nutrição; 
Evitar Duplicação - temas ainda não abordados.
Dois tópicos em desacordo com o pensamento científico atual: gordura saturada / baixo teor de carboidratos. Outras restrições feitas com baixas evidências incluem sal, colesterol e carne vermelha.

Segundo a Fundação Nutrition Coalition:

Gorduras saturadas: Há ciência recente (sugiro o livro "Gordura sem medo"- Nina Teicholz)
A restrição de carboidratos para melhora da síndrome metabólica é suportada por ensaios clínicos rigorosos. Aqui
A Nutrition Coalition não recomenda à DGA emitir dietas para lactentes 0-2, pós-desmame ou crianças em geral: há poucas evidências científicas.

Pedindo transparência

Nenhum comentário: