2.12.17

Dr Andreas Eenfeldt (legendado) - Suécia

Peso ou medidas?

O índice de massa corporal (IMC), calculado como peso (kg) dividido pelo quadrado de altura (m) é o padrão usado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) :
· Peso normal - um IMC entre 18,5 e menos de 25
· Sobrepeso - um IMC de 25 para menos de 30
· Obeso - um IMC de 30 ou mais

Entretanto, este índice é inválido para pessoas musculosas - aquelas fisicamente ativas, que se exercitam demais no trabalho, esporte ou academia; aquelas que vão ao trabalho a pé ou de bicicleta; aquelas que são propensas geneticamente a ganhar músculos com pouco esforço. 
Então, uma pessoa composta de 65% gordura corporal pode ter o mesmo IMC igual a alguém composta de 10% gordura corporal e fortemente musculosa. Aí as medidas e imagens no espelho servem como complementação.
O mais importante a se observar é a adiposidade abdominal (gordura acumulada abaixo do umbigo - flácida) e visceral (acima do umbigo - rija). O excesso de peso depende fortemente da composição corporal para aumentar o risco de doenças cardiovasculares.

UM DADO NOVO

Estudos apontam que pessoas excessivamente musculosas incluem-se também em estatísticas que apontam risco aumentado para doenças cardiovasculares.
Realmente, atletas de alto desempenho, apesar de um estilo de vida amplamente considerado saudável, nem sempre são longevos. Há inúmeros casos de morte súbita em jogos de futebol, maratonistas que sofrem um infarto...
Hoje em dia, o culto à maravilhosa escultura muscular pode levar a extremos de solicitação ao corpo. Contudo, nós precisamos estar abertos à ideia de que há uma zona limítrofe entre a estrutura muscular saudável e a atividade deletéria, a ponto de exaurir nossas reservas.

Imagem Net