20.10.12

Parabéns a você!

"Fiotão" completa 27... me deixou reflexiva, melancólica, a semana toda.
Claro que passei por isso 26 vezes antes, contudo agora ele não é mais um mocinho. Um homem de 27!  Há algo diferente no ar...
Fui mãe aos 21 (Esposo com 23). Tudo aconteceu cedo em meu percurso: trabalho aos treze, namoro "firme" aos 16, casamento aos 20.
Considerei muito prazeroso e fácil criá-lo. Mentira: os primeiros quatro meses foram difíceis. Eu "sozinhinha", Esposo sempre trabalhou muito, e a cultura era outra.
Eu tinha medo de tomar banho e deixá-lo, então passava correndo por debaixo do chuveiro. Sonhava com batata frita (coisa que nem ligo mais), tinha medo de precisar pegá-lo e lhe espirrar fritura.
Cambaleante e "bêbada" nas madrugadas! Ficava com ele na cozinha, para não atrapalhar o sono do Esposo (provedor familiar).
Eu fazia crochê "prá fora", enquanto ele mamava no peito, aconchegado na almofada: conversava, cantarolava e ele dava aquelas olhadelas gostosas. Que saudade!
Aos 5 meses, começou a reptar (arrastar-se como réptil). Ficou independente! Nunca teve problemas graves de saúde.
Logo antes dele nascer, deixei um emprego de 6 anos: confecção. Passei quase 4 anos fazendo bicos, e com ele a tiracolo. Isto o deixou tão "senhor de si"!
Construímos (parcialmente) nossa casa atual, nos mudamos (ele tinha 3 anos) e logo voltei a trabalhar. Nunca mais parei.
Nos feriados, brincávamos neste terreno aqui ao lado onde estou (na firma do Esposo). O terreno ainda nem era nosso. Gastei várias colheres fazendo estradinhas e fazendinhas por debaixo dos arbustos. Ainda é meu brinquedo favorito.
Ele trabalha no setor de engenharia da fábrica de aviões, aqui mesmo. Em foto conosco, e com a namorada!


14 comentários:

  1. Parabéns ao seu fiotão lindo, Cláudio!
    Como você era novinha quando ele nasceu!
    O meu também tem 27 anos, lindo como o seu e espero que sejam felizes, trilhem os melhores passos que nós demos para eles e tenham saúde. É só isso que desejo, com um amor, claro, ao lado.
    um beijo carioca



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coincidência, Beth!
      Então o seu também tem 27?
      Uma idade marcante, forte.
      Um beijão também, daqui do interior!

      Excluir
  2. Muiiito lindo! Parabéns e que nosso PAI/MÃE continue a lhe cobrir de bençãos diárias. Reptar? Adorei! Ah, e gostei demais de conhecer toooda a família.
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida, Regina!
      Estou feliz com a visita.
      Eu, você e a Beth, temos três garotos com idades próximas. Que bela coincidência!
      Um beijão caipira.

      Excluir
  3. Mash´Allah! Parabéns pelo filho bonito e saudável! Todo fruto mostra como a árvore é boa!
    Você é uma árvore frondosa, adaptada a todas as estações, forte nas tempestades e verde reluzente em cada fotossíntese, se renovando para a vida.
    Interessante saber que você foi uma jovem-mãe! Será sempre uma jovem-mãe.
    Um abraço e muita Paz,
    Denise.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise! Me mimando com elogios...
      Fico grata demais, é um grande prazer te "ver".
      Um beijão e uma semana paz serena!

      Excluir
  4. Cheguei atrasada mas vim dar os parabéns pra o teu filhão!
    Realmente criar um filho é uma arte que não é pra qualquer um mas pelo jeito vcs fizeram isso super bem.
    Lindos vcs!
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata pela visita, Renata! Adorei...
      Agradeço sua atenção; você é um anjo!
      Uma ótima semana também para você e seu love no aconchego sueco.
      Um beijão!

      Excluir
  5. Parabens pra ele e pra você que cuida tão bem.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Agradecida, Luciana!
    Em cidades interioranas ainda é relativamente fácil criar filhos...
    Um beijo também prá ti!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns muito atrasados ao seu fiotão! Gostei de ver as fotos, vocês são lindos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Bem vinda, Joana!
    Não é atrasado, não... Fico muito agradecida.
    Outro beijão.

    ResponderExcluir
  9. Desejar bons votos nunca é tarde. Muitas alegrias para seu bonito filho Cláudio. A noiva é um docinho.
    Você e marido, carinhas de felizes, de bem com a vida.
    Que, juntos, tenham sempre muitas alegrias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico grata, Lúcia!
      Nunca é tarde mesmo... A Gi é um amor de norinha.
      Você sempre tão gentil!
      Um grande abraço.

      Excluir

Desativado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.