12.12.15

Ai, ui-ui!



Minha semana foi diferente: 
Ontem à tardinha bateu uma canceira, uma estafa que a tempos eu não sentia. Parecia até que eu arrastava de volta a Poços de Caldas um vagão cheio de bauxita.
Final de ano letivo, muita melancolia por "perder" minhas crianças. Ansiedade pela turminha que ainda há de vir e medo daqueles casos tenebrosos que possam surgir em 2016
Lembra que logo na segunda não houve aula devido ao Conselho de Escola e confraternizamos no recreio? Tudo bem, engatilhei um jejum de 24 horas.
Na terça-feira filho foi comigo retirar a cesta de natal durante o almoço - fui logo dividindo as guloseimas entre eu, "fiotão", mãe e minha ajudante na limpeza para não pecar tanto.
Jacamos eu jaquei sozinha! Comi uma das embalagens de pães de mel como sobremesa e no café da tarde comi meio pacote de bolacha wafer de chocolate. Me aguardava uma reunião com pais - é sempre preocupante estar sozinha à frente de 23 pais com ideias tão diferentes entre si. Deu tudo certo, sem reclamação alguma.
Na quarta, comi ao longo do dia, todo meu pacote de bolacha champanhe lambuzado de açúcar cristal. Poderia muito bem ter parado por aí, entretanto...
Na quinta, ao longo do dia foi pior, muito pior. "Dividi" a lata de leite condensado com o filho uma parte para ele e duas para mim. Fui beliscando cá e acolá. Comi tudo.
À tarde a intolerância à loctose atacou feio BEM FEITO! Eu fiquei mal - com flatulências, barriga "torcendo" e roncando, dores que "andavam" até às costas - aquele horror.
Engatilhei jejum com água saborizada ao magnésio. Consequência natural da intolerância + magnésio - fui várias vezes ao sanitário até o dia clarear. Amanheci bem e "limpa", porém cansada pela noite mal dormida.
Ontem, ao recreio, foi a festinha na classe. Comi um cachorro quente naquele pão isopor e alguns salgados assados. Tomei dois dedinhos de guaraná. Trouxe meus dois pedaços de bolo para o filho não podia nem cheirar doce
Fiquei muito nervosa porque o iôiô com que a escola presenteou as crianças não é de qualidade - alguns partiram em dois à primeira queda. Não suporto fabricantes de brinquedos de má qualidade; as crianças se sentem culpadas! A despedida foi doída, pois a grande maioria não comparecerá nesta última semana. 
Almocei carne assada com legumes e frutinhas. Tive uma tarde trabalhosa, todavia sem contratempos. Lá pelas tantas, toda a quebra de rotina da semana foi pesando nos ombros. Estômago embrulhado, sem ânimo. Me joguei no sofá e mal gungunava em resposta aos diálogos do marido.
Dormi das 21 h 00 à 4. Quase sem respirar talvez tenha hibernado. Acordei seca, tomei minha água de cabeceira, sanitário, curti a folga e logo o alarme soou. Corri e estou pronta para outra semana atipca desde que não haja "jacada" ou lactose.
Imagem Google.