18.6.16

Baixo carboidrato

Existem variantes da alimentação de baixo carboidrato, com nomes inerentes a cada variedade. Todas, entretanto, evitam excesso de produtos industrializados (sobretudo os ultraprocessados).
Geralmente há que se respeitar as individualidades bioquímicas e metabólicas, cumprindo a regra 80/20, onde se faz a dieta à risca em 80% do tempo.
O jejum intermitente de aproximadamente 24 horas ou jejum constante de 16 horas, são protocolos comuns para reforçar situações de cetose.
Timothy Ferriss cunhou o termo "Slow Carb" - carboidratos de lenta absorção. Nesta vertente, as leguminosas, inclusive a polêmica soja, são permitidas. 
Assim como em toda alimentação de baixo carboidrato, pão integral, arroz integral e batata inglesa são restritos, exceto no dia do lixo.
As 3 refeições do dia devem conter os 3 macronutrientes: proteína - ovos e todo tipo de carnes (vísceras), exceto queijos/ gordura - a natural das carnes e ovos, abacate, azeitona, coco, banha de porco, azeite / carboidrato - das leguminosas. Vegetais não amiláceos são a base dos pratos.
As frutas são restritas, assim como laticínios; não se bebe calorias e se pratica o famoso "dia semanal do lixo", para regular os hormônios e o estado psicológico. 
Frutas permitidas com moderação são apenas limão, abacate, coco, azeitona verde.
A "Very Low Carb ou Cetogênica" é uma alimentação de baixíssimo carboidrato com objetivo de manter a cetose de forma constante.
Inclui vegetais não amiláceos em pouca quantia, sobretudo folhosos; proteínas em menor quantidade (pois pode ser quebrada em glicose pelo corpo) e gordura além da média - forçada até.
O café com óleo de coco ou nata ou manteiga é marca registrada dessa alimentação. A "Dieta do Guerreiro" consiste apenas do jantar cetogênico farto e jejum no resto do dia.
Os pratos são propositalmente engordurados, como lambuzar a salada com muito azeite, colocar mais banha nas carnes, fazer desjejum só com ovos (média 3 unidades).
A "Low Carb" - de baixo carb e mais básica, inclui todas as carnes, ovos e queijos; gorduras naturais sem excesso - foco no abacate, coco, azeitona, manteiga, banha, laticínios integrais, óleo de coco, azeite, creme de leite, oleaginosas; os carboidratos são restritos às frutas de baixo glicídio e vegetais não amiláceos.
A alimentação nomeada pela sigla "LCHF" - baixo carb e alta gordura, é praticamente a mesma "Low Carb", apenas enfatizando um pouco mais a gordura.
Dieta Atkins e Dukan também são variantes, todavia com maior teor de proteínas e baixo teor de gordura - mais restritivas e de difícil manutenção.

A vertente primal /paleolítica foca nos alimentos que eram possíveis à época do coletor-caçador - orgânicos, caipiras, caça e pesca, recolecção (PANCs).
O que peca é a desconexão do jejum intermitente com a espiritualidade, pois nas comunidades tradicionais o médico e o religioso são a mesma pessoa.